13.12.18

Perseguição Policial em Ricardo de Albuquerque, Zona Norte do Rio, na década de 1970



"Fotos mostram perseguição a bandido que fugiu da PM na porta da delegacia, mas foi capturado, há 40 anos.

Os policiais militares que prenderam João Ferreira, de 23 anos, acharam que ele estava sob controle, mas o assaltante não pensava da mesma forma. Assim que o camburão parou diante da 31ª DP (Ricardo de Albuquerque), naquela sexta-feira de 21 de julho, há 40 anos, o suspeito fingiu que estava com dor nas pernas e, percebendo a distração dos PMs, correu em direção à linha férrea. Quase foi atropelado por dois ônibus ao cruzar a Estrada Marechal Alencastro, enquanto os policiais gritavam e disparavam tiros na sua direção. Baleado na perna, ainda estendeu a fuga por 500 metros, invadindo quintais de casas na Avenida Nazaré até ser recapturado na Rua Beberibe.

A tentativa de fuga foi flagrada pelo fotógrafo Luiz Alberto Peña, que registrou todo o episódio. As imagens ganharam destaque na edição do GLOBO do dia seguinte.

João Ferreira foi preso por roubo de carros, na madrugada daquele dia. Na delegacia, depois da tentativa de fuga, ele contou que se encontrou com três cúmplices no ponto final da linha de ônibus 378, em Marechal Hermes. Os quatro cheiraram cocaína e decidiram praticar assaltos. Ao todo, roubaram três carros. Num dos crimes, renderam um morador do bairro de Guadalupe quando ele estava entrando em casa. De acordo com a reportagem da época, o bando pretendia estuprar a mulher do morador, mas desistiram ao ver uma viatura da polícia passando perto da residência. Fugiram, então, levando um carro modelo Volks SW-6087, além de 1.300 cruzeiros (cerca de R$ 1 mil), as alianças do casal e o relógio do homem.

Eles continuaram assaltando até que uma das vítimas avisou um carro da PM, que perseguiu os bandidos e capturou João Ferreira e um comparsa. Outros dois fugiram."

Originariamente postado na página do Acervo O Globo

Postado neste blog por Adinalzir Pereira Lamego

4 comentários:

Andréia Vasques disse...

O artigo nos mostra que nada mudou. A violência continua. Infelizmente.

Imiya disse...


The Love of Beauty is a woman's nature, three-point looks and seven-point dress.
Here are women's clubs,Diamond Jewelry,Brand Handbags , fashion Dresses, sexy swimsuits you like, you want to choose.

Prof. Adinalzir disse...

Prezada Andréia Vasques
Realmente nada mudou. E vamos seguindo a História!
Um grande abraço!

Prof. Adinalzir disse...

Muito grato Imiya pela visita!

Anúncios da época da escravidão mostram por que o Brasil precisa acertar as contas com o passado

Alexandre Andrada As elites brasileiras parecem ter um hábito secular de pôr uma pedra sobre o nosso passado. Apesar de sermos o país...