15.7.18

Engenheiro Oscar Brito ou Viaduto dos Cabritos? Conheça aqui toda a verdade



Ao contrário do que muita gente pensa, o nome do viaduto dos Cabritos – obra recentemente inaugurada pelo Governo do Estado na Avenida Brasil, no encontro com a antiga Rio – São Paulo, não é apelido popular, já o foi, mas em 21 de janeiro de 1965 passou a ter essa denominação oficial pelo decreto nº 723. 

O apelido apareceu quando de uma visita do Sr. Carlos Lacerda à obra, na sua fase de construção, ocasião em que comentou com o engenheiro a pouca serventia de um viaduto naquele local e lamentou, também, a verba que ali estava sendo aplicada, em detrimento de outras obras mais urgentes. Foi quando avistou, então, vários cabritos passando sobre o viaduto ainda em concretagem, momento em que afirmou que, pelo menos, ele já estava sendo usado. Seria um viaduto para cabritos – concluiu. 

Agora, o DER concluiu ao Governador Negrão de Lima a troca de nome, considerado muito singelo para a obra, dando-lhe o nome de Engenheiro Manuel dos Santos Dias, antigo funcionário do Estado, que ocupou importantes cargos de direção na administração pública e que é cunhado do Presidente Castelo Branco.

Observem que o texto acima foi transcrito do jornal O Globo, maio de 1966.


Agora observem os relatos abaixo:

Segundo relato do pesquisador Leu Lima. "O nome do viaduto nunca foi Engenheiro Oscar Brito. Segundo ele havia na região algumas fazendas de gado caprino e estes perambulavam pelo local causando vários acidentes de trânsito. Fato esse que continuou acontecendo durante o período das obras de construção do mesmo. Várias pessoas passavam e viam os cabritos subindo e se abrigando do sol nas peças de concreto que chegaram a ficar abandonadas ali por muitos anos. Contudo, mesmo assim, a mortandade dos caprinos ainda continuou acontecendo e esse foi o motivo do batismo popular do viaduto de concreto armado que foi construído naquele no lugar."

Na verdade era pra ser chamado de "Viaduto das Ovelhas". Diz Leu Lima sorrindo... "Justamente porque no princípio dos anos 1970 quando ainda havia a Fazenda Indiana, que era cortada pela Av. Brasil, os vaqueiros fechavam a via para levar gado para outras pastagens. Certo dia, o vaqueiro, sei o nome dele, deparou com uma viatura da PM onde, em seu interior, havia dois policiais mortos. Apavorado ele pegou o rádio da viatura e pediu socorro, explicando a situação. Quando foi indagado sobre o local da ocorrência, falou que era próximo a um viaduto que tinha ovelhas. No dia seguinte as manchetes dos jornais publicaram os assassinatos no Viaduto dos Cabritos. Porque soava melhor."

Deca Serejo, também pesquisadora da região diz: "Sobre a obra de construção do Viaduto dos Cabritos. Encontrei registros com fotos, sem data no Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro. Mas acredito que sejam do ano de 1965 e o projeto de autoria do engenheiro Alim Pedro."
  
Podemos concluir que existem situações na cidade em que é preciso consultar os registros oficiais para saber qual é o nome que vale no papel. Mas, conforme afirmam tanto o Instituto Pereira Passos (IPP) quanto o Arquivo Geral da Cidade, não há qualquer logradouro público chamado Engenheiro Oscar Brito. Seria ele então, um personagem fictício? Sendo ou não, o nome dele acabou sendo imortalizado numa placa ao lado do viaduto, provando que até mesmo as nossas autoridades podem se confundir. Ainda mais em época de mudanças de governo. O que pode ter sido o caso.
.
Texto e mais fotos postados originalmente nos links da página do Rio Decoração Tour:
https://www.facebook.com/riodecoracaotour/posts/498340133928559
https://www.facebook.com/riodecoracaotour/photos/a.237634916665750.1073741837.126361801126396/498378447258061/?type=3&theater
https://www.facebook.com/riodecoracaotour/posts/499761023786470
https://www.facebook.com/riodecoracaotour/photos/a.126639877765255.1073741826.126361801126396/499975047098401/?type=3&theater

Imagens de Joaquim Silva e Deca Serejo

Pesquisa e texto de Adinalzir Pereira Lamego

6 comentários:

Claudemiro Diniz disse...

Muito bom saber de tudo isso!
Parabéns!

Mosart Medeiros disse...

Moro na região a pelo menos uns 50 anos, e sempre foi "Viaduto dos cabritos"...Aí chega um espertinho querendo fazer homenagem a um amiguinho dele que tem o nome "homófono"...Eita Brasil...

Prof. Adinalzir disse...

Claudemiro Diniz
Agradeço pela visita e comentário.

Prof. Adinalzir disse...

Mosart Medeiros
Seus comentários serão sempre fundamentais.
Volte sempre neste blog.

Mendes e Mendes disse...

Excelente. Está em nosso blog: - http://blogdomendesemendes.blogspot.com/2018/07/engenheiro-oscar-brito-ou-viaduto-dos.html

Prof. Adinalzir disse...

Prezado Mendes e Mendes
Sua visita e parceria me deixa sempre muito feliz.
Muito obrigado e um forte abraço!

Ações culturais na Mata da Paciência

a) Projeto Cultural A BANCA DÁ POESIA “A poesia é um ajuste de contas com a realidade!” (Luís García Montero) O Projeto Cultural A BAN...