19.2.18

Arqueólogo Howard Carter descobre a tumba de Tutancâmon


No dia 4 de novembro de 1922, o arqueólogo e egiptólogo inglês Howard Carter descobriu a tumba de Tutancâmon (Tut-Anj-Amón), no vale dos Reis, em frente a Luxor, no Egito. Esta foi a tumba faraônica mais bem conservada e intacta já encontrada no Vale dos Reis. No dia 16 de fevereiro de 1923, Carter abriu a câmara e foi o primeiro a ver o sarcófago de Tutancâmon. Depois de catalogar este grande achado, Carter deixou a arqueologia para se dedicar à atividade de colecionador.

Tutancâmon pertencia à dinastia XVIII do Egito que ficou no poder entre 1336/5 e 1327/5 A.C.. Ele não foi um faraó notável ou conhecido na Antiguidade. O tamanho relativamente pequeno de sua tumba (KV62) foi o motivo pelo qual ela não fora descoberta até o século XX, quando Carter a encontrou intacta. 

Sua descoberta e os tesouros achados ganharam atenção da imprensa mundial e serviram para renovar o interesse do público no Egito Antigo. Ao final, a máscara funerária de Tutancâmon se transformou na imagem de faraó mais popular nos tempos modernos.

Fonte: Cangaceiro Cdo
https://www.facebook.com/josevanderli.vanderli?hc_ref=ARTt0zGjfaRlndX_bIQBZw2R5q8-t-kiCSgA0alKywV8_C7Df7yK_SjfJz-2M5XExzg&fref=nf

4 comentários:

Anônimo disse...

Sensacional! Mas dá um frio na barriga! Penso logo na maldição dos faraós !!

Prof. Adinalzir disse...

Flávio Brandão! Você se colocou como anônimo por causa da maldição? kkkkkk
Grato pela visita e comentário. Volte sempre.

Anônimo disse...

MINHA GENTE ISSO DE MALDIÇÃO FOI SOMENTE UMA TOQUE MISTERIOSO QUE FOI COLOCADO NA HISTORIA, POIS TODOS OS HOMENS QUE TRABALHOU NA DESCOBERTA DA MÚMIA DO FARAÓ, TUTANCÂMON TODOS MORRERAM DE VELHOS. AGORA É UMA HISTORIA SENSACIONAL MESMO.

ASSINA. jose vanderli vulgo cangaceiro cdo

Prof. Adinalzir disse...

Prezado Jose Vanderli, vulgo cangaceiro cdo
Agradeço pela visita e comentário.
Volte sempre!

Ações culturais na Mata da Paciência

a) Projeto Cultural A BANCA DÁ POESIA “A poesia é um ajuste de contas com a realidade!” (Luís García Montero) O Projeto Cultural A BAN...