14.8.11

O dinheiro como divulgador da imagem do Rio de Janeiro, antes mesmo da fotografia

.
Sede da Casa da Moeda do Brasil em 1866.
Foto: Biblioteca Nacional (RJ, Brasil)

Em tempos passados, mesmo sem nunca haverem viajado para o Rio de Janeiro, os brasileiros não podiam dizer que desconheciam de todo a cidade.


Eram-lhes certamente familiares as imagens do Pão de Açúcar, em 1835; da Igreja da Candelária, em 1854; da famosa aléia de palmeiras imperiais do Jardim Botânico e do sistema de defesa da Cidade, em 1870.

E em 1889, tornaram-se bastante conhecidas as da Praça D. Pedro II (hoje Praça XV de Novembro); da principal via: a rua Primeiro de Março; das residências imperiais: os Palácios de São Cristóvão e de Petrópolis; dos monumentos públicos cariocas; da praia de Botafogo e da bela construção neoclássica da Casa da Moeda.

A iconografia carioca circulou, sem nenhuma dúvida, por todo o Brasil. Do mais afastado rincão ao maior centro de população e desenvolvimento, os habitantes tiveram, em suas mãos, as imagens da Cidade Maravilhosa antes mesmo da chegada da fotografia.

Naqueles tempos, o dinheiro brasileiro deu a conhecer a face da cidade do Rio de Janeiro.

Com prazer, o Colégio Brasileiro de Genealogia (do qual eu me orgulho de fazer parte) divulga e recomenda um dos diversos trabalhos históricos do presidente Carlos Eduardo Barata. Clique diretamente no link abaixo ou copie-o/cole-o na linha apropriada de seu navegador de Internet.

http://www.youtube.com/watch?v=QykOm_fmOqE
.

8 comentários:

LEANDRO CHH disse...

Olá Professor Adinalzir,
Gostei muito do texto.
Está tudo bem? Qualquer coisa ou dúvida sobre meu trabalho, entre em contato pelo formulário do site Construindo História Hoje, assim poderemos esclarecer qualquer mal entendido.
Um grande abraço amigo,
Leandro CHH

Prof. Adinalzir disse...

Prezado Prof. Leandro CHH
Para mim, não há nenhuma dúvida sobre o seu excelente trabalho no Construindo História Hoje. Por aqui, eu ando meio sem tempo na minha rotina de professor, mas nada que me faça esquecer os diletos amigos que sempre me visitam.
Um fraternal abraço e aguarde a minha visita por aí!

José Lima Dias Júnior disse...

Olá Adinalzir,

Desconhecia tais informações. Portanto, é imprescindível uma visita em seu blog, pois só assim conhecemos melhor a história do Brasil em imagens que nos enchem os olhos de satisfação.

Saudações históricas,
Prof. Lima Júnior

Prof. Adinalzir disse...

Prezado José Lima Dias Júnior
Sua visita também é imprescindível por aqui... Principalmente por seus comentários sempre precisos e muito valiosos. Saudações históricas e volte sempre que puder!

Victor Faria disse...

Olá, professor!
Também desconhecia tais informações, mas graças ao seu blog posso desfrutar de tais fatos históricos. Já estou até assistindo ao vídeo indicado.
Abraço!

lucidreira disse...

E como sempre trazendo as histórias reais do nosso país e das cidades que fizeram parte do contexto da realeza brasileira.
Informações uteis e relevantes.
Abraço

Prof. Adinalzir disse...

Meus caro Lucidreira
Esse é justamente um dos objetivos do Saiba História, trazer a luz a história deste país e das cidades que fazem parte dele. Valeu pela visita e um cordial abraço!

Prof. Adinalzir disse...

Prezado Victor Faria
É sempre uma honra sua visita e seu comentário aqui no Saiba História. Cordiais saudações!

BlogBlogs.Com.Br