17.9.10

Eleições, Tiririca e Berthold Brecht

.
Em época de eleições, sempre me lembro desse conhecido texto de Berthold Brecht.

O Analfabeto Político

O pior analfabeto

É o analfabeto político,

Ele não ouve, não fala,

nem participa dos acontecimentos políticos.


Ele não sabe que o custo de vida,

o preço do feijão, do peixe, da farinha,

do aluguel, do sapato e do remédio
dependem das decisões políticas.


O analfabeto político

é tão burro que se orgulha

e estufa o peito dizendo

que odeia a política.

Não sabe o imbecil que,
da sua ignorância política
nasce a prostituta, o menor abandonado,

e o pior de todos os bandidos,

que é o político vigarista,
pilantra, corrupto e o lacaio

das empresas nacionais e multinacionais.


Só para lembrar que o palhaço Tiririca, candidato a deputado federal pelo PR paulista se tornou um dos maiores símbolos da decadência do Congresso, com seu slogan "Vote Tiririca, pior que tá, não fica". Ele mesmo disse que nunca se interessou por política, e que nunca votou na vida. Ou seja, se seguirmos a definição de Berthold Brecht, Tiririca é um completo analfabeto político.

E para piorar ainda mais, a política brasileira está cheia de Tiriricas. É por isso, que devemos pensar muito bem antes de votar.

.

26 comentários:

Junior disse...

Dileto Aldinazir,

É pertinente seu comentário acerca as eleições, onde faz uma relação entre o candidato Tiririca e Berthold Brecht. Porém, não podemos esquecer que o Congresso Nacional, assim como, as assembléias estaduais e o legislativo municipal também estão repletos de Tiriricas, de políticos inescrupolosos, cujo na vida pública é garantir vantagens (pessoais) na utilização dos recursos e bens públicos para ficar na impunidade.

Leonardo Oliveira disse...

Caro Professor, essas figuras "inusitadas" não são exclusividade do seu estado. Aqui no Pará encotramos cada caso também. Enfim, temos muito a amadurecer quando falamos em adquirir cultura política. Grande abraço!

Prof. Adinalzir disse...

Caro Junior

Com certeza, com relação a política, nós não temos muitas alternativas. Estamos cheios de Tiriricas e coisas muito piores.

Valeu pela visita! :-)

Prof. Adinalzir disse...

Prezado Leonardo Oliveira

Nessas eleições, não temos grandes alternativas. Vivemos um completo empobrecimento político. É ver para crer!

Abraços e obrigado pela visita!

Victor Faria disse...

Pois é, Professor, cada vez mais parece que as eleições aqui no Brasil estão se tronando uma grande piada. É preciso ter muita atenção na hora de votar. Há candidato que só porque tem ficha limpa acha que já tá eleito e outros que mesmo envolvidos em escândalos aparecem com aquela cara na TV pra falar que estão do lado do povo. Tem de tudo...

Seu post é de grande utilidade! Continue assim! Tenha um ótimo fim de semana! Abraço!

Prof. Adinalzir disse...

Meu caro Victor Faria

Infelizmente, a cabeça do nosso povo ainda é muito pequenininha na hora de votar. Sobra esperteza e falta consciência. É isso aí.

Valeu pela visita! :)

Franz disse...

Oi, Adinalzir! Estou no Rio desde ontem e vou embora na manhã de terça-feira (21/09). No exato momento estou com meu irmão em Nova Iguaçu, e amanhã na Vila da Penha, na casa de uma irmã (Fone 2124892181).
É uma passagem rápida demais para poder encontrar o companheiro e dar-lhe meu abraço paraônico, mas se puder me telefonar amanhã pelo meio dia, para tentarmos um encontro...
Paraônicamente, Franz

Prof. Adinalzir disse...

Caro Franz

Fico muito feliz em saber que estás no Rio. É uma pena que sua passagem seja tão rápida por essas terras cariocas. Eu, nesse horário estarei trabalhando, mas de qualquer forma, irei telefonar para você.

Um grande abraço! :-)

Professor Josimar disse...

O Tiririca representa aquilo que a política brasileira é.
Ele retrata de forma cômica algo que é trágico.
Excelente postagem caro mestre.

Cláudio Roberto de Souza disse...

Eu tenho uma teoria sobre os Tiriricas da vida. rsrs. 1) cada eleição tem o seu, vide Enéias e Clodovil. 2)se cada eleição tem o seu "palhaço", trata-se de fato de alguém que cataliza apenas um certo "voto de protesto". 3) O tipo de 'protesto' que esse voto galvaniza vem de alguém que possui uma indignação genérica e difusa contra a 'política' de uma forma geral, se o voto fosse facultativo, ele não compareceria às urnas; 4) no cômputo total de votos os sufrágios que eles alcançam não alteram o sistema, no máximo elegem três ou quatro consigo pelo mecanismo da legenda; 5) eles são menos ameaçadores do que pensamos, servem apenas para alimentar as crônicas dos falsos moralistas tipo Jabor, por exóticos que são. 6) quanto ao argumento de que são votos 'não conscientes', sempre achei isso perigoso, afinal, tal idéia tem como pressuposto de que ALGUÉM tem consciência correta e outro não. Quem seria então o portador da consciência correta, o elemento capaz para participar da escolha? Aliás, em uma comunidade de historiadores devemos todos saber que no império e na Primeira República o termo era exatamente esse: os que possuíam 'capacidade' para votar! Então, quem a tem? [rrssrs]: a classe média? (piada); os intelectuais? (outra, vade retro FHC!) os religiosos (talvez, afinal segundo eles próprios, privam de um canal direto com o Criador! rsrs]. Talvez voltar ao voto censitário [não, brincadeirinha...]; então, veem o perigo do discurso de que o povo 'não sabe votar'? Tiririca não representa o povo, mas sim uma parcela diminuta que manifesta sua compreensão da política na forma de uma indignação difusa e de uma confusão geral sobre o funcionamento da sociedade. Se somarmos as abstenções, votos nulos, brancos e os atribuído a esses personagens exóticos, teríamos perto de 35% dos votantes, o que dariam uma participação popular ainda maior do que nas eleições dos EUA ou européias. Estamos na vantagem.

lucidreira disse...

Tenho que aplaudir sua postagem e comentário, tens todas as razões do mundo em dizer o que diz. E com um dos bons textos que é o de Berthold Brecht.
Parabéns.
Abraço

Valdeir Almeida disse...

É lamentável.

E o pior de tudo é que ele (Tiririca) orgulha-se de não saber nem o que está fazendo na campanha.

Tiririca representa uma enorme parcela de candidatos que são analfabetos políticos. Se eleitos, eles se juntarão aos outros analfabetos políticos que já já estão no congresso.

Abração.

Prof. Adinalzir disse...

Prezado Professor Josimar

Compartilho perfeitamente com seus pensamentos. O Tiririca e a política brasileira são tragicômicos.

Valeu pela visita! :-)

Prof. Adinalzir disse...

Prezado Cláudio Roberto de Souza

Meus parabéns pelo seu comentário pertinente e preciso. Para manter essa vantagem, eu ainda acho que seria melhor o voto nulo, já que infelizmente, nenhum político merece o nosso voto.

Um grande abraço!

Prof. Adinalzir disse...

Prezado Lucidreira

Só mesmo recorrendo a Berthold Brecht para demonstrar toda a minha decepção com a nossa política.

Valeu pela visita e um grande abraço!

Prof. Adinalzir disse...

Meu caro Valdeir Almeida

Infelizmente, ainda estamos perdidos num verdadeiro emaranhado de analfabetos políticos. Por isso eu sou a favor do voto nulo.

Um grande abraço e muito obrigado pela visita!

Araújo disse...

Professor, em termos polícos chegamos no fundo do poço. Pode sim piorar muito mais.

Acontece que figuras que não tem nada a ver com a vocação políca estãu se aventurando para aproveitar as mordomias garantidas pelo cargo.

Não acredito que se fosse um trabalho voluntário apareceriam tantos interessados.

Parabéns professor pelo texto. Este texto de Berthold Brecht que eu adoro já dizem tudo e, já previa naquele tempo as consequências do analfabetismo político.

Abraço

Prof. Adinalzir disse...

Prezado Araújo

Infelizmente, essa decadência política se espalhou pelos quatro cantos do nosso país. Basta pesquisar no google e você verá vídeos de figuras políticas hilárias, desde o Oiapoque ao Chuí. É um verdadeiro caos.

Abraços e valeu pela visita! :-)

Contato Venda Cursos disse...

Olá, muito instrutivo seu site, parabéns! Gostei por estar muito bem focado em educação.
Como ele é bem direcionado, tenho uma oferta, que penso possa ser muito produtiva e rentável para você.
Acha possível vender cursos, através do seu site, cursos bem baratos (á partir de R$ 20,00) com certificado e ganhar boas comissões ?
Hoje já tenho sites como o seu, que no primeiro mês já receberam mais de R$ 500,00.
Tudo o que estou dizendo, tenho comprovação no meu site e se começar hoje te proporcionamos um bônus de R$ 10,00 se tiver interesse viste: http://vendacursosonline.blogspot.com/
Abraço.
Bruno

Prof. Adinalzir disse...

Prezado Contato Venda Cursos

No momento não estou interessado na sua proposta. Mas de qualquer forma agradeço a sua visita.

Abraços!

prof. Fabiano Reis disse...

Parabéns professor excelente postagem como as demais o senhor sempre fala tudo, abraços e que Deus nos salve desses nossos políticos.

Prof. Adinalzir disse...

Prezado Prof. Fabiano Reis

Agradeço suas palavras e que Deus nos proteja de nossos políticos.

Agradeço sua visita! :-)

Vanessa Rodrigues disse...

Nao conhecia esse texto e ele ilustra muito bem a nossa atualidade com essa deprimente vitória do Tiririca.

Bom, se o circo já estava montado no Congresso, agora já nao falta mais nada, ja temos um palhaço! ¬¬

Caro Aldinazir,
votei no seu blog!!
grade abraço,
Vanessa

Prof. Adinalzir disse...

Prezada Vanessa Rodrigues

Fico muito honrado com sua visita e seu voto. Muito obrigado!
Valeu mesmo!

Prof. Maxsuel Andrade Soares disse...

Grato Aldinazir... No ano passado trabalhei com meus alunos esse texto. Mas nessa ano, o ano dos palhaços, dos jogadores, das mulheres frutas e açougue, esse texto poderá ser melhor aproveitado. Vou reproduzi-lo e discuti-lo mais uma vez. Valeu pelo texto de Berthold Brecht.

Prof. Adinalzir disse...

Prezado Prof. Maxsuel Andrade Soares
Seus comentários são sempre muito honrosos e gratificantes. Agradeço por me seguir.
Um grande abraço! :)

BlogBlogs.Com.Br