22.3.08

A trajetória da sujeira na história do Brasil

.
Vejam aqui um excelente livro que mostra a evolução e a importância da higiene pessoal no País.

Quando a esquadra de Pedro Álvares Cabral desembarcou na Bahia, no longínquo ano de 1500, o Brasil descobriu a sujeira - de um lado, portugueses barbudos, imundos, com doenças generalizadas; do outro, índios pelados, depilados, exibindo dentes alvos, cabelos bem lavados, troncos, pernas e braços musculosos. O gritante contraste era justificável, pois, se os europeus costumavam lavar-se de corpo inteiro apenas duas vezes por ano, os nativos banhavam-se de 10 a 12 vezes por dia.
.
Assim, as condutas de higiene variam ao longo da História;
- na Antiguidade, por exemplo, a água era sagrada,
- na Idade Média, apenas as mãos e o rosto eram lavados.

- na Idade Moderna, a situação era pior, pois se acreditava que o banho dilatava os poros, o que facilitava a infiltração de doenças.
.
Somente no século 19, quando a ciência já identificava uma série de doenças, é que o banho era encarado como prática de conservação do corpo.

.
O livro mostra toda a sujeira física dos brasileiros até depois de proclamada a República, quando as cidades eram grandes focos de doenças. Também os produtos de limpeza evoluíram na mesma velocidade, especialmente o desenvolvimento do vaso sanitário, inventado em 1597.

.

Essas curiosidades são apresentadas em Passado a Limpo - História da Higiene Pessoal no Brasil, livro fartamente ilustrado do jornalista e historiador Eduardo Bueno.


COMENTÁRIO: O pior é que, além da sujeira física, veio também a sujeira da corrupção, da falta de caráter, da violência e muitos outros desmandos.

2 comentários:

Sandra Catarina Martins disse...

Olá Adinalzir
Venho retribuir a visita ao meu blog e dizer que assim como vc amo a História, não sou professora de História, mas, admiro muito o trabalho de um historiador e a importãncia do mesmo.
Seu blog é muito informativo e interessante.
Abraços e mais uma vez sucesso
Sand Catarina

Prof. Adinalzir disse...

Prezada Sandra Catarina Martins
Fico muito grato pela visita e comentários. Volte sempre.
Abraços,

BlogBlogs.Com.Br